Quantas vezes você já parou para pensar se faria ou não uma festinha de aniversário para seu filho naquele ano?

Nesse momento, geralmente, pesamos uma porção de coisas, especialmente no que toca ao aspecto financeiro, porque sempre imaginamos o quanto isso vai nos custar. Então, esse dilema é natural e você não é uma exceção.Visando tentar ajudá-lo nessa questão, faremos aqui algumas reflexões.

Você sabe o que significa para a criança ter uma festa de aniversário?

É importante que o façamos, para entender o real valor dessa comemoração para a criança. Está cientificamente comprovado que as festas de aniversário exercem um incrível impacto sobre o sistema cognitivo e emocional dos pequenos.

A festa é o evento social que mostra para a criança que as pessoas mudam de idade e, consequentemente, envelhecem. Se a criança não tem a festa, seja porque ela foi trocada por um passeio, viagem ou qualquer outro motivo, percebe-se nela uma certa “decepção”, não pela festa em si, mas sim por não ter tido a oportunidade de crescer.

A palavra “aniversário” vem do latim e é formada a partir da junção de annus, que significa “ano” e versus ou vertere, que é traduzido por “voltar”, “regressar”. Assim sendo, anniversarius significa “aquilo que volta todos os anos.”

A festa de aniversário é, portanto, um marco físico de que existe algo diferente acontecendo. Do ponto de vista cognitivo, a criança compreende a passagem dos anos e, do ponto de vista emocional, ela entende que está crescendo.

Para algumas culturas, o dia do aniversário é dia de renascer e festejar um novo começo.

Existem várias formas de se comemorar o aniversário das crianças: nos tradicionais buffets infantis, que muitas vezes se tornam a primeira opção dos pais, principalmente pela praticidade e comodidade, mas não pela originalidade; em casa, com a família e os amigos; e em locais diferenciados, onde a criança e seus convidados podem se divertir de uma forma inusitada: praticando esportes, jogando boliche, visitando uma fazendinha, indo ao cinema por exemplo.

esta deaniversário tem todo um ritual

Ali, acontece um momento mágico de confraternização, de reforço de laços, em que a família e os amigos comemoram a vida daquela criança, que, por sua vez, sente que é o motivo de todos estarem reunidos.

A comemoração é um momento muito especial para o aniversariante, pois mostra o quanto ele é querido e importante para as pessoas. E essa é a oportunidade social das outras pessoas demonstrarem isso.

O dia do nascimento representa o início de uma nova vida e essa data será sempre lembrada.

Não importa se a comemoração é grande ou pequena; o que a criança precisa é daquele momento. É o dia dela. É o dia em que ela estará cercada de pessoas que fazem parte da sua história e se importam com ela.

Por isso, comemorar é importante, é incrível, é maravilhoso.

Comemorar é celebrar a vida!

Fonte: Psicóloga Joana Valério – jvalerio@netcabo.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *