A pintura é uma das expressões mais antigas que o Homem utilizou para expressar as suas atividades diárias. Além disso, está provado que pintar é benéfico, especialmente para as crianças.

A pintura, para as crianças, é um modo de expressão. Como a sua expressão verbal não está completamente desenvolvida, as crianças conseguem exprimir-se melhor através dos desenhos. Os especialistas aconselham os pais a prestar atenção aos desenhos dos seus filhos, algo que também ajuda a promover a comunicação entre pais e filho.

Além disso, pintar ajuda a melhorar a motricidade das crianças, tornando mais fácil a aprendizagem da escrita e, pouco a pouco, ao mesmo tempo que pintam vão aprendendo coisas, o que aumenta a sua autoestima.

Pintar é uma atividade divertida, com a qual podem aprender como se formam as cores e criar os mundos que passam pela sua imaginação. Mas além disso, tanto para as crianças como para os adultos, pintar relaxa e serve de terapia, utilizando-se com sucesso, por exemplo, no tratamento do autismo.

A partir do momento em que o bebé é capaz de apanhar um objeto para pintar, começa a fazer rabiscos, uma atividade muito gratificante tanto para o bebé como para os seus pais.

Os livros para colorir são uma boa ferramenta para motivas as crianças a pintar.

De fato, o leque de possibilidades é enorme: livros com animais, bonecos, flores, ou personagens das suas séries de televisão preferidas, livros que também trazem as tintas, ou que utilizam outras técnicas, como pintar com os dedos ou com espumas.

Uma vez cumpridos os cinco ou seis anos, as crianças querem pintar de uma forma mais pessoal e livre, e este é o momento perfeito para que utilizem diferentes materiais, incluindo telas.

Outra maneira de os motivar é levá-los a ver exposições, já que muitos museus têm visitas especiais para as crianças.